Após divulgar primeiro caso de coronavírus, Governador Celso Ramos decreta estado de calamidade pública

30/03/20 às 18h18
Atualizado em 30/03/20 às 18h47

Devido à pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19), o município de Governador Celso Ramos decreta estado de calamidade pública. O Decreto 31/2020 foi assinado pelo prefeito Juliano Duarte Campos na tarde de segunda-feira, 30, e tem efeitos até 31 de dezembro de 2020.

De acordo com a prefeitura, o decreto abre mais possibilidades para o município agir, elimina burocracias e facilita ações de combate ao Covid-19. Na prática, dá mais autonomia para a prefeitura criar ações preventivas de proteção à população e ampliar medidas existentes de enfrentamento ao contágio da doença no âmbito municipal, seguindo as recomendações do Ministério da Saúde.

A decisão foi tomada após a Vigilância Epidemiológica Municipal registrar o primeiro caso de Covida-19. A paciente é uma mulher, de 50 anos, profissional da área da saúde, que atendia em outro município e teve contato direto com outro paciente positivado para o Coronavírus.

O estado de saúde da paciente não é grave. Ela está em isolamento domiciliar e recebe acompanhamento da Secretaria Municipal de Saúde. A pasta realizará novos testes de confirmação e testes com pessoas que tiveram contato com ela.

Através de um vídeo divulgado nas redes sociais, o prefeito Juliano Duarte Campos, destacou a situação.