Baleia Mike-anã encalha já sem vida em praia de Porto Belo

31/01/18 às 07h07
Atualizado em 31/01/18 às 14h03

 Uma baleia Minke-anã da espécie Balaenoptera acutorostrata, encalhou já sem vida na tarde desta terça-feira, 30, em um costão próximo da praia do Araçá, em Porto Belo. A equipe do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS)/Univali, recebeu o acionamento da Fundação do Meio Ambiente do município e foi até o local para verificar as condições do animal.

Ao chegar, foi constatado que a baleia estava boiando num costão próximo à praia do Araçá. Com o auxílio de um barco de pescadores locais e da Fundação municipal, o animal foi levado até a praia do Baixio, onde a equipe realizou a biometria e analisou suas condições físicas.

A biometria da Minke-anã, espécie de baleia considerada uma das menores do mundo, registrou 3,60m e confirmou ser um macho. Pelo bom estado de conservação, o animal será levado para o Museu Oceanográfico Univali, onde a equipe do PMP-BS realizará uma necropsia com o intuito de entender o que ocasionou sua morte. Na sequência será iniciado o processo para conservação e inclusão ao acervo da instituição.


O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Polo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama e tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, por meio do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e mortos.

 

Visor Notícias