Beneficiários do BPC têm até o fim de 2018 para fazer inscrição no Cadastro Único

30/05/18 às 14h14
Atualizado em 30/05/18 às 14h22

 Os idosos acima de 65 anos e as pessoas com deficiência que recebem o Benefício de Prestação Continuada (BPC) devem estar inseridos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. A inscrição deve ser feita até o dia 31 de dezembro deste ano e é obrigatória para que os beneficiários continuem recebendo o BPC, conforme rege a Portaria Interministerial n° 5/2017.

Tijucas tem 195 beneficiários do BPC. Todos eles serão visitados em suas casas pela equipe da Secretaria Municipal de Ação Social para fazer a inscrição. No entanto, a secretaria solicita a quem tiver condições que se dirija ao órgão para realizar a inserção no Cadastro e agilizar o processo.

Caso o beneficiário tenha alguma dificuldade de deslocamento, a inscrição pode ser feita pelo responsável familiar. Basta apresentar o CPF de todas as pessoas que moram na residência com o beneficiário.

A medida cumpre uma recomendação do Tribunal de Contas da União (TCU) e vai aperfeiçoar a gestão dos benefícios sociais. Com os dados inseridos no Cadastro Único, o Governo Federal tem as informações atualizadas dos beneficiários, o que permite administrar melhor os recursos.

SOBRE O CADASTRO ÚNICO
O Cadastro Único – porta de entrada para mais de 20 programas sociais – é um instrumento que identifica as famílias de baixa renda, permitindo que o governo conheça melhor a realidade socioeconômica de cada uma delas. Nele, são registradas as características da residência, a identificação de cada pessoa, a escolaridade, a situação de trabalho e renda, entre outras informações.

Portanto, se você é um beneficiário ou tem familiares e conhecidos que sejam, não deixe de procurar a secretaria ou indicar que as pessoas o façam, afinal, trata-se de um benefício muito importante para a renda de inúmeras famílias.

 

Texto: Thiago Furtado (Estagiário da Diretoria de Comunicação).