Ex-policial civil que atuava como advogado é preso por tráfico de drogas

21/05/20 às 10h10
Atualizado em 21/05/20 às 11h53

Foto: Polícia Militar/Divulgação

 Um ex-policial civil, excluído da corporação, e que atualmente trabalhava como advogado, foi preso nesta quarta-feira, 20 de maio. A operação começou por volta das 15h em Tijucas, se estendeu até Navegantes e por fim, foi finalizada na Delegacia de Itapema.

Durante rondas no Centro de Tijucas, um Renault/Clio conhecido por ser utilizado pelo ex-policial civil, de 43 anos, que estaria envolvido com tráfico de drogas no litoral, foi avistado na marginal da BR-101.


O carro estacionou no pátio de um posto de combustível, onde o suspeito foi abordado. O detido não acatou as ordens e resistiu ao ser revistado. Disse ainda, que estava no local apenas para comprar uma água e estava a pé.
Após a revista pessoal a chave do carro e um celular estavam em sua cueca. No carro foram encontrados cinco peças de maconha, pesando aproximadamente 4 kg. O detido confessou que havia mais drogas em sua casa e no escritório de advocacia em Navegantes.
No escritório mais três quilos da droga foram encontrados. Já na residência, na rua Arnoldo Bento Rodrigues, Centro de Navegantes, havia mais um tablete do entorpecente pesando aproximadamente um quilo, uma balança de precisão, um colete balístico escrito Polícia Civil, uma Gandola preta da mesma instituição, uma munição calibre 726, duas munições .40 e mais uma .12.

O ex-policial recebeu voz de prisão e foi conduzido a Delegacia de Polícia Civil de Itapema. Um membro da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), foi acionado para acompanhar o flagrante, já que se tratava da prisão de um advogado.