Ex-presidiário é agredido por populares em Tijucas

14/05/18 às 15h15
Atualizado em 14/05/18 às 18h53

 Na manhã desta segunda-feira (14), a Polícia Militar foi acionada após diversas ligações informando um tumulto nas proximidades do viaduto da BR-101, nas imediações do acesso à Av. Valério Gomes. No episódio um cidadão gordinho, de bicicleta, levava tapas, sopapos e pontapés. Tinha gente na fila para bater no indivíduo.

Segundo informações,, dois comerciantes das proximidades tinham flagrado o elemento com a mão dentro do caixa do estabelecimento, tentando furtar o dinheiro que ali se encontrava. Os donos são dois irmãos. Enquanto um voltou suas atenções para o ladrão, que, de acordo com declarações da sua própria mãe, passou os últimos 22 anos na cadeia, condenado por vários e diferentes crimes, o outro partiu pra cima dele. Ao sentir o clima pesado ele jogou o dinheiro em cima do balcão e vazou do local. A seguinte, o outro irmão ligou para a polícia, informou o endereço e comunicou o fato.

Para espanto dos proprietários do estabelecimento comercial, logo em seguida o acusado da tentativa de furto, ou roubo, depende a visão da justiça, retornou ao comércio para buscar uma sacola que havia deixado em cima de uma cadeira em frente ao caixa. Nela também estavam os seus documentos pessoais. A coragem do malandro revoltou os empresários, que partiram pra cima dele, colocando-o pra correr. E foi nesse momento que se formou o tumulto que resultou num baita corretivo.

Uma das vítimas relatou que a Polícia Militar chegou logo depois do acusado levar as bordoadas, porém não soube informar se ele chegou a ser detido. Ficou o recado para a malacagem que insiste em continuar praticando pequenos delitos pela região: os empresários estão cansados de viver amedrontados pela marginalidade e a Polícia Militar agora trabalha com novas estratégias de ação, 24 horas por dia.

O cômico do episódio ocorreu quando o gordinho teve a oportunidade de se manifestar. Com o pé dentro do quadro da bicicleta, que estava caída, ele gritou:

"Eu vou registrar um boletim de ocorrência e processar vocês por tentativa de homicídio. Vocês estão fazendo de réu um homem inocente!...".

Diante da ameaça, louco para dar mais uma amaciada no couro do folgado, o dono do estabelecimento em questão só disse duas palavras:

"Vaza daqui!!!".

O "amigo do alheio" não pensou duas vezes. Levantou a bicicleta, subiu nela, pedalou e se mandou dali, infelizmente sem se despedir e deixar endereço.

Informantes do além garantem que logo depois o "mão leve" teria sido avistado num boca de fumo a leste da BR 101.