Fetos gêmeos são operados dentro do útero da mãe em procedimento inédito em Santa Catarina

03/12/19 às 18h18
Atualizado em 03/12/19 às 18h55

Foto: NSC TV

 Gêmeos diagnosticados com a síndrome da transfusão feto-fetal foram operador dentro do útero em uma técnica considerada pela equipe médica como inédita no estado de Santa Catarina.

A cirurgia foi nesta segunda-feira (02), em Florianópolis. Os gêmeos desenvolveram síndrome ainda durante a gestação. A doença afeta o crescimento e reduz as chances de que os fetos sobrevivam ao parto. Os dois ocupam a mesma placenta e vasos sanguíneos, mas um acaba recebendo mais sangue e nutrientes.

Aí é que está o problema, o excesso ou a falta de sangue podem levar à morte dos dois fetos. Então os médicos precisaram cauterizar os vasos para a placenta poder suprir um pouco igual para cada um dos bebês.

A cirurgia durou uma hora e meia. Um equipamento precisou vir de São Paulo para Santa Catarina para a operação. O fetoscópio, que permitiu que os gêmeos fossem operados dentro do útero da mãe.

Agora, a equipe médica precisará realizar ultrassons semanais e mãe precisará ficar internada em acompanhamento até o final da gravidez, para ter certeza do sucesso da operação.

Fonte: NSC TV