Gerente da Celesc diz que cidades devem ficar sem energia até sexta-feira (03)

02/07/20 às 15h15
Atualizado em 02/07/20 às 16h21

Em entrevista nesta quinta-feira (02), o gerente regional da Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc), Pedro Moleri, comentou sobre os danos sofridos pela rede elétrica em todo o estado de Santa Catarina.

Segundo Moleri, o estado sofreu um dano histórico. “O estado chegou a ficar com 1,5 milhão de consumidores sem energia. Um número histórico para a Celesc, isso nos assustou. Nós esperávamos o ciclone atingindo apenas algumas regiões e não o estado todo”, afirmou.

Pedro Moleri gerencia a região que engloba a região de Bombinhas até Barra Velha, segundo ele, são 400 mil unidades consumidoras nesse raio, 280 mil ficaram sem energia, mais da metade!

Os trabalhos acontecem desde o momento em que os problemas foram registrados. “No estado estamos com 1.300 eletricistas nas ruas tentando recompor o sistema e, na nossa região, estamos com 27 equipes em campo para atender essas cidades”.

Segundo Pedro, da região, as cidades mais atingidas são Porto Belo, Itapema, Balneário Camboriú, Camboriú e Itajaí. A cidade de Itajaí lidera, com 9.980 consumidores sem energia. “A nossa previsão é que a gente reduza muito esses números até o final do dia, mas ainda teremos serviços para a noite e a sexta-feira. Prevemos que até amanhã não terá energia nessas cidades”, informou.

Fonte: Visor Notícias