Homens tentam aplicar o “golpe do asfalto”

11/05/18 às 14h14
Atualizado em 11/05/18 às 14h56

Um homem de 39 anos esteve na Delegacia de Polícia para relatar que foi vítima do chamado “golpe do asfalto”, que teria acontecido na última terça-feira (8). Segundo o boletim de ocorrência, três homens se apresentaram a ele, um dizendo ser escocês e outros dois dizendo ser holandeses, representando uma suposta empresa portuguesa de pavimentação.

Eles ofereceram a esse empresário as sobras desses trabalhos, com um valor de R$ 60 o metro cúbico, preço menor justamente por ser uma sobra. Com o negócio fechado, no momento da execução do serviço a história mudou, pois o valor de R$ 60 seria pelo metro quadrado do asfalto, com uma espessura de 7 cm.

Para evitar constrangimentos e discussões, o empresário pagou pelo serviço um total de R$ 12.000,00 em três cheques. Porém, um dia depois após a aplicação do asfalto, o material começou a desmanchar, então ele resolveu começar a investigar esses supostos estrangeiros que venderam o serviço para cobrar alguma solução.

Nessa pesquisa, o empresário descobriu que os homens compraram asfalto de uma empreiteira de Tijucas e alugaram equipamentos de uma empresa de São José dos Pinhais (PR). O dono dessa empresa repassou a identificação de dois dos três homens envolvidos nesse golpe.

Em contato com uma empresa de terraplanagem de Tijucas, o empresário foi informado que várias pessoas também entraram em contato com aquela empresa buscando referências sobre os estrangeiros.

Outros empresários de Brusque também relataram ter recebido a visita desses homens, que chegaram sempre em carros alugados e ofereceram o mesmo tipo de serviço. Além do boletim de ocorrência da vítima do golpe, os empresários que receberam a visita desses homens também acionaram os órgãos de segurança pública como forma de evitar que outras pessoas sofram algum prejuízo.

Fonte: Rádio Cidade Brusque