Justiça ordena interdição de hotel que despejava esgoto no mar de Bombinhas

06/02/19 às 18h18
Atualizado em 06/02/19 às 18h43

 Toda a população de Bombinhas comemora a decisão judicial divulgada no início da noite desta terça-feira, 05 de fevereiro, ordenando a evacuação total do Hotel Summer Beach, que há muitos anos é alvo de inúmeras denúncias da comunidade. O empreendimento de luxo tem 125 quartos e tinha 48h (após a decisão) para que todos os hóspedes deixassem as hospedagens.

A juíza da Comarca de Porto Belo, Janiara Maldaner Corbetta, foi responsável pela decisão, que ordena, dentre outros pontos, as seguintes medidas:

Interdição e desocupação total no prazo de 48 horas, sob pena diária de multa de R$ 100.000,00;
Caso não seja cumprida de forma espontânea, forças policiais devem auxiliar no cumprimento forçado;
Intimar o síndico do Summer Beach com urgência;
Intimação das partes envolvidas no processo;
Agora o hotel, que diariamente era flagrado despejando esgoto não tratado diretamente nas vias pluviais, não poderá mais ter hóspedes.