Moto customizada e camisas autografadas são doadas para ajudar campanha Salve a Laurinha

25/11/20 às 21h21
Atualizado em 25/11/20 às 21h59

Foto: Divulgação

 A campanha “Salve a Laurinha” ganhou mais uma aliada na luta pelos R$ 12 milhões necessários para custear o tratamento que repara a falha genética da pequena Ana Laura Orsi Batista.

 

 

A empresa do setor varejista Havan doou uma moto zero quilômetro, toda customizada com as cores da bandeira brasileira e camisas oficiais dos clubes Vasco da Gama e Athletico Paranaense, autografadas por todo o time.

 

A motocicleta recebeu o nome de “Moto Patriota” e foi um presente que a Central Sul, fornecedores da Havan, sorteou entre os principais compradores da empresa, a Havan foi a ganhadora e a Central Sul decidiu personalizar a moto e nomeá-la. Tanto a moto, também autografada pelo empresário, quanto as camisas oficiais foram doadas pela Havan para contribuir na campanha da Laurinha.

 

 

“É um momento de todos se unirem e contribuírem da forma que puderem. Infelizmente, a Laurinha não é a única com este tipo de doença. No Brasil, são mais de 8 mil crianças. Mas, independentemente do valor, toda a ajuda é de suma importância. Se cada região e cidade abraçar as campanhas mais próximas, maior as chances das crianças que sofrem com essa doença conseguirem o medicamento”
Luciano Hang, proprietário da Havan

 

 

 

A entrega dos presentes foi feita ao pai da Laurinha, Evandro Batista, em uma live nesta terça-feira, 24 de novembro. A moto será rifada, já as camisetas serão leiloadas. Mais detalhes estão díponiveis no site www.salvealaurinha.com.br/.

SITUAÇÃO ATUAL
Até o momento já foram arrecadados R$ 7 milhões. Laurinha está com 1 ano e 3 meses e precisa arrecadar os R$ 12 milhões antes de completar 2 anos de idade.

Ou seja, a pequenina tem apenas 9 meses para arrecadar os R$ 5 milhões faltantes, para que ela possa tomar uma única dose do medicamento Zolgensma.

 

 

 

 

 

 

Fonte: Vip Social