Nova carteira de identidade SC: veja quais informações podem ser incluídas no documento

15/10/19 às 14h14
Atualizado em 15/10/19 às 14h57

 A nova carteira de identidade (RG) começou a ser emitida em Santa Catarina nesta segunda-feira (14). Esta nova versão do documento pode ter informações como número da carteira de trabalho, tipo sanguíneo, nome social e se a pessoa tem alguma doença crônica, alergia a algum remédio ou deficiência. O RG antigo continua valendo.

Que números de outros documentos são possíveis de inclusão no novo RG?
No novo RG, será possível colocar documentos como título de eleitor, Carteira Nacional de Habilitação (CNH), PIS/PASEP, Cadastro de Pessoa Física (CPF), Carteira de Reservista, Carteiras Funcionais, Carteira de Trabalho e Previdência Social.

Para isso, a pessoa deve apresentar os documentos originais quando for fazer a nova carteira de identidade.

Nova carteira de identidade emitida em Santa Catarina — Foto: Ricardo Wolffembüttel/Divulgação


O que preciso levar para que conste o meu tipo sanguíneo e informações sobre deficiências?
Para o tipo sanguíneo, a pessoa deve apresentar um exame médico ou documento oficial com a informação quando for fazer a nova carteira de identidade.

No caso das deficiências, seja surdez, cegueira ou de ordem psicológica, por exemplo, a pessoa precisa levar um atestado ou relatório médico com todos os dados do paciente e comprovando que a deficiência é permanente. As deficiências são identificadas com símbolos na nova carteira de identidade.

E o nome social?
Para inclusão do nome social, a pessoa deve preencher um requerimento junto ao Instituto Geral de Perícias (IGP). Na carteira de identidade, o nome de nascimento ficará na parte posterior do documento.

Nova carteira de identidade emitida em Santa Catarina — Foto: Ricardo Wolffenbüttel/Secom/Divulgação

Sou obrigado a trocar pelo novo modelo de RG?

Não. O documento antigo continua valendo enquanto a foto coincidir com a aparência da pessoa, explicou o perito-geral do IGP, Giovani Eduardo Adriano.

Quanto custa?
A segunda via pode ser feita por R$ 37,55.

Para que serve o QR code no novo RG?
O QR code fica no verso do documento. Aproximando o celular deste código, os policiais agora verificam na hora se o RG é verdadeiro e puxam a ficha da pessoa. Este modelo também é o que traz mais detalhes para evitar falsificações até hoje.


Por que existe um novo modelo?
O novo modelo atende a um decreto federal de 2018, que padroniza as novas cédulas de identidade.

G1 SC