Operação da Polícia Federal apreende carga com mais de 700 caixas de cigarro, em São João Batista

06/07/17 às 12h12
Atualizado em 06/07/17 às 12h08

 Na manhã desta quinta-feira (06) a Receita Federal com apoio da Polícia Federal deflagrou uma operação que resultou na apreensão de mais de 700 caixas de cigarro contrabandeado do Paraguai em São João Batista. Agentes da Receita e da Polícia Federal estiveram em uma residência no Loteamento Golden Park área nobre do município e precisaram de um caminhão para carregar a carga apreendida.

Segundo informações dos próprios agentes, a operação fora deflagrada após investigações da Polícia Federal, no momento da ação havia uma pessoa na casa, supostamente irmão do proprietário da residência. Foram cerca de 300 mil maços de cigarros apreendidos, carga avaliada em mais de R$ 1 milhão.

NOTA OFICIAL/ATUALIZAÇÃO

A ação foi batizada de Operação “Família SJB”, tendo em vista as evidências da participação de 03 indivíduos de uma mesma família na atividade criminosa, alguns dos quais já possuíam antecedentes na PF por contrabando de cigarros. Pelo que foi apurado, o grupo era um importante distribuidor do produto na região.

Com o surgimento dos primeiros indícios da atividade criminosa, foi instaurado, há cerca de 90 dias, um inquérito policial para o aprofundamento da investigação, no bojo do qual foram reunidas as evidências obtidas e solicitada à Justiça Federal a expedição de mandados de busca e apreensão para 03 endereços residenciais e 01 endereço comercial vinculados ao grupo, todos localizados em São João Batista/SC, cumpridos na data de hoje.

Dois dos investigados foram presos em flagrante pela prática do crime de contrabando, com pena máxima de 05 anos de reclusão, sendo que a participação do terceiro continuará sendo apurada no inquérito policial em andamento.

 

Clubei