Operação é realizada no Caixa d'Aço para coibir práticas de crimes durante festas em alto mar

29/12/19 às 14h14
Atualizado em 29/12/19 às 14h33

 A Polícia Militar, através do Comando de Policiamento Militar Ambiental, Batalhão de Aviação, Receita Federal, Marinha do Brasil, Fundação Municipal de Meio Ambiente de Porto Belo realizaram na baia do Caixa d' Aço a operação “Águas Seguras”, visando coibir a prática de crimes diversos, bem como realizar o policiamento ostensivo e de preservação da ordem pública durante a operação veraneio. A ação conjunto entre os órgãos ocorreu no sábado (28). Durante o verão são frequentes às denúncias de som alto, perturbação da ordem pública, e desrespeito às regras de navegação relacionadas às festas em alto mar.
Durante a ação foram realizadas diversas abordagens, orientando os responsáveis das embarcações a respeito da poluição sonora e as consequências criminais e administrativas, e também sobre as normas municipais de altura máxima do volume do som, que tem sua medida em decibéis, e ainda define que será permitido o uso de equipamento sonoro no local em até 50dB (cinquenta decibéis) durante o período diurno, compreendido entre as 5h e 20h. Ainda foram abordadas diversas moto aquáticas e embarcações com intuito de verificar os documentos de navegação e também fiscal, onde foi identificada uma embarcação sem a comprovação fiscal do equipamento de som. Assim o proprietário foi notificado à apresentar a os comprovantes.
É importante ressaltar que a região do Caixa d'aço fica ao lado de uma unidade de conservação municipal chamada APA do Araçá, e que vem sofrendo com ocupação desordenada. Essas operações serão realizadas durante toda a operação veraneio 2019/2020.