Polícia Civil alerta para cuidados com crime do sequestro de WhatsApp

11/04/19 às 10h10
Atualizado em 11/04/19 às 17h18

Foto: Imagem Ilustrativa

A Polícia Civil de Santa Catarina alerta a população sobre o aumento nos casos de golpes de "sequestro de Whatsapp" nos últimos meses. O crime consiste na clonagem do número das vítimas, dando ao criminoso controle sobre a conta. Os falsários pedem então empréstimos para amigos e familiares. Também pode ocorrer a exposição de conteúdos íntimos da vítima, como fotos e vídeos.

Diante dessas situações, recomenda-se que a população tome cuidado ao compartilhar seus dados de contato e documentação em redes sociais e outros meios. Recomenda-se também que seja habilitada a verificação em duas etapas – onde você irá habilitar um PIN – 6 dígitos, para registrar o número em outro telefone.

Caso o crime de clonagem já tenha ocorrido, registre um Boletim de Ocorrência em uma Delegacia próxima e envie um email para [email protected] explicando todo o ocorrido e enviando o BO em anexo. Também é recomendado que a vítima informe ao banco caso tenha ocorrido alguma transferência, bem como seus contatos do Whatsapp. Caso a linha tenha sido clonada, informe também a operadora.

Lembre-se: leia sempre as mensagens que recebe, e nunca envie códigos a terceiros, somente aqueles que tenha certeza que sejam os que você solicitou.

 

Fonte: Visor Notícias