Porque brindar?

27/12/17 às 08h08
Atualizado em 31/12/17 às 13h04

 O brinde é um hábito universal e uma das mais antigas tradições no mundo. Ele acompanha os acontecimentos mais importantes na vida das pessoas. O mais clássico é se brindar com champagne, a bebida preferida de Napoleão Bonaparte que sempre comemorava uma vitória brindando com seus soldados.

Os primeiros registros do brinde são da Grécia, no século IV a.C. O anfitrião bebia o mesmo vinho do convidado antes de servi-lo, como prova de que a bebida não estava envenenada. A batida das canecas selava a prova de boa-fé.

E em quais ocasiões podemos brindar? Podemos brindar em inúmeros momentos: aniversários, casamentos, noivados, conquistas alcançadas, empregos novos, vitórias de nossos times, em viagens ou simplesmente quando queremos brindar à vida.

Geralmente se faz um brinde erguendo uma taça de champagne e com a presença, se for o caso, dos convidados principais ou de alguma pessoa homenageada. Sugere-se, antes de fazer o brinde, dizer o motivo pelo qual se está brindando. Pode-se também deixar que as taças se toquem levemente e pronunciar o famoso “tin-tin”. Nesse momento é imprescindível que se tome pelo menos um gole da bebida.

Alguns cuidados na hora de brindar:

Se estiverem brindando-o, ouça silenciosamente e depois agradeça. Não coloque a mão na taça e muito menos beba durante um brinde.
Nunca leia o brinde. Se não tem memória confiável, faça um bem breve (deve durar entre 15 segundos e 2 minutos no maximo, nunca mais do que isso). Aliás, um brinde deve mesmo ser curto, do tipo longo o suficiente para conter a homenagem e breve na medida certa para assegurar o divertimento.
Não faça as taças tilintarem. Isto era um hábito antigo para afastar maus espíritos, o que não é uma boa idéia para todas as ocasiões. Além do que, as taças são de cristais o que torna a prática, um perigo!
Retribua o brinde se for brindado pelo anfitrião. Faça logo ao fim do brinde feito a você. Ou então, faça mais tarde, na hora da sobremesa, por exemplo.
Jamais bata na borda da taça para chamar a atenção de todos. É ultra deselegante.
Pode fazer um brinde mesmo que a sua bebida não seja alcoólica. Qualquer outra bebida serve. O que vale é a intenção.
E você, vai brindar o que hoje?