Presidente do PSL diz que partido vai entrar na briga pelas bases em 2020

18/04/19 às 09h09
Atualizado em 18/04/19 às 15h16

Na noite desta quarta-feira, 17, o Partido Social Liberal de Santa Catarina realizou uma reunião microrregional do Vale do Rio Tijucas em São João Batista. Com a participação de membros das executivas municipais de todo o Vale. O evento contou com a presença do deputado estadual do partido Ricardo Alba, do Federal Fábio Schiochet e do presidente da sigla o secretário estadual Lucas Esmeraldino.

Na reunião esteve em pauta um único tema, 2020. O presidente estadual do partido foi categórico, “teremos candidatos a prefeito e vice em todos os municípios de Santa Catarina”. Os membros do partido foram surpreendidos com uma série de exigências que tiram o partido do amadorismo e devem colocar o PSL no mesmo patamar dos “grandes” partidos catarinenses nas municipais do ano que vem.

Novas reuniões ainda devem definir os rumos do partido, porém o que já pode ser notado é que os Pesselistas estão deixando de lado a onda do “pai” Bolsonaro e mergulhando de cabeça na política. Esmeraldino finalizou seu discurso dizendo, “somos um gigante flutuando, temos governador, deputados, presidente, ministros e secretários, agora precisamos de base, e em 2020 vamos apoiar forte pessoas boas e de caráter para as prefeituras”.

As executivas estão ainda em fase de registro e devem estar abertas à vinda de lideranças que quiserem compôr a legenda nos municípios. Segundo as lideranças estaduais, pesquisas de popularidade e dados técnicos devem dar o tom para as eleições, já que o próprio governador entrará na campanha pelos candidatos em 2020.

Fonte: Clubei