Secretaria de Saúde destaca o atendimento na nova Central de Tratamento a Covid-19, em Tijucas

30/07/20 às 13h13
Atualizado em 30/07/20 às 13h43

Em entrevista nesta quinta-feira, 30 de junho, o secretário municipal de Saúde, Vilson José Porcíncula, o Tem, e a técnica, responsável pelo setor de Vigilância em Saúde, no município de Tijucas, Idarlene Darosci, destacam o atendimento durante a primeira semana na Central de Atendimento a Covid-19, em Tijucas.

O boletim epidemiológico divulgado nesta quarta-feira, 29, pela secretaria, confirma, além de 905 casos, 130 casos suspeitos aguardando resultados de exames e 201 pessoas monitoradas pelo setor de Vigilância Epidemiológica (com histórico de viagem contato com casos suspeitos ou confirmados ou que apresentam algum sintoma respiratório) mais dois óbitos por coronavírus no município.

Os óbitos mais recentes estavam em investigação e foram confirmados para covid-19. Trata-se de dois homens que estavam internados em hospitais na capital. Um de 92 anos que faleceu no Hospital Universitário e o outro, de 83 anos, que não resistiu as complicações da covid-19 e veio a óbito no Hospital Regional em São José.

Desde o início da pandemia 2195 casos suspeitos foram descartados, 607 pacientes foram curados da doença, mas, infelizmente 11 óbitos foram registrados pelo coronavírus em Tijucas.

Segundo Tem e Idarlene, os altos índices são consequência do grande número de testagem e da falta de consciência das pessoas que ainda não tomam os devidos cuidados, promovendo o intensificando as aglomerações registradas pela fiscalização, na cidade.

 

Reportagem: Sidnei Moranda /Rádio Vale