Aluna bate em professora que pediu para ela guardar o celular na sala de aula

08/10/21 às 21h21
Atualizado em 13/10/21 às 22h54
Visualizações: 784

Uma professora foi agredida pela própria aluna após pedir para a estudante parar de usar o celular durante a aula. A docente foi agredida fisicamente e verbalmente pela jovem durante a última quarta-feira (6), na Escola Municipal Miguel Lazzarin, em Siderópolis, no Sul de Santa Catarina. A Polícia Militar foi acionada até a escola. O caso está sendo investigado pela Polícia Civil do município. A aluna está afastada da instituição de ensino enquanto as medidas cabíveis ao caso são analisadas pela Secretaria Municipal de Educação.

Abalada com o caso, a professora também segue afastada da escola. Segundo o município, todo o amparo está sendo prestado a docente, assim como a discussão de ações de enfrentamento à violência nas salas de aula. A previsão é que as investigações sejam concluídas no prazo de 30 dias. Após este período, o processo será encaminhado ao Ministério Público da Comarca de Criciúma, conforme prevê o Estatuto da Criança e Adolescente (ECA), e a adolescente pode ser encaminha para o Centro de Atendimento Socioeducativo (CASE) de Criciúma.

 

Fonte: ND+