Banco Mundial aprova empréstimo de R$ 460 milhões para implantação de ônibus elétrico entre Porto Belo e Navegantes

16/04/24 às 17h17
Atualizado em 18/05/24 às 10h
Visualizações: 189

Foto: Divulgação

O Projeto Integrado de Mobilidade Sustentável na Região da Foz do Rio Itajaí (Promobis) avançou significativamente com a aprovação de um investimento de U$ 90 milhões pelo Banco Mundial. O recurso será destinado à criação de um sistema de transporte público, utilizando ônibus elétricos do tipo BRT (Bus Rapid Transit), conectando 11 cidades da região.

Com a aprovação pelo Conselho de Diretores do Banco Mundial, o próximo passo será a assinatura de contrato entre os municípios envolvidos e a instituição financeira. Segundo o gerente técnico do Promobis, professor Paulo Rech, a minuta do contrato já foi aprovada e aguarda a formalização.
Além da assinatura dos contratos, o projeto também necessita de aprovação junto à Casa Civil e no Senado, pois o governo federal é o garantidor dessa operação de crédito realizada pelos municípios.
O sistema de BRT elétrico ligará as cidades de Balneário Camboriú, Balneário Piçarras, Bombinhas, Camboriú, Ilhota, Itajaí, Itapema, Luiz Alves, Navegantes, Penha e Porto Belo, beneficiando cerca de 592 mil pessoas. Também estão previstos investimentos em ciclovias e estruturas para pedestres ao longo do trajeto.

Além dos U$ 90 milhões do Banco Mundial, os municípios investirão U$ 30 milhões e espera-se atrair U$ 42 milhões da iniciativa privada. O governo de Santa Catarina também está em negociações para oferecer apoio financeiro. O prazo para pagamento do empréstimo é de 22 anos, com um período de carência de 7 anos.
O projeto inclui a construção de um túnel submerso entre Itajaí e Navegantes, por meio de uma parceria público-privada (PPP), ampliando as opções de mobilidade na região.

 

Fonte: Vipsocial

Getsites