Casos de Febre do Oropouche, a doença do maruim, são confirmados em três cidades de SC

10/05/24 às 20h20
Atualizado em 17/05/24 às 14h02
Visualizações: 304

Maruim é um mosquito extremamente pequeno (Foto: Prefeitura de São José, Divulgação)

Subiu para três o número de cidades de Santa Catarina que confirmaram casos da Febre do Oropouche, a “doença do maruim”. Todas estão no Vale do Itajaí: Botuverá, Brusque e Luiz Alves. Esta última chegou a decretar situação de emergência neste ano por conta da infestação do mosquito, que é o principal vetor da doença. Os exames foram validados pelo Laboratório Central de Saúde Pública (Lacen) do governo do Estado.

Até o momento são 10 pessoas infectadas. Metade delas em Botuverá, quatro em Brusque e uma em Luiz Alves. Conforme a Secretaria de Estado da Saúde, ações serão desenvolvidas nesses locais para sistematizar informações importantes dos casos suspeitos e confirmados, como deslocamentos dos moradores, sintomas e quadro clínico.

Estão previstos também a coleta de mosquitos para estudo e encaminhamento de amostras de outros pacientes para testagem no Lacen, com o objetivo de monitorar mais de perto a doença, que tem sintomas parecidos com a dengue e chikungunya. Entre eles estão a dor de cabeça, muscular, nas articulações, náusea e diarreia.

Todos os infectados passam bem. Não há um registro da quantidade de casos suspeitos porque, explicou a secretaria, toda vez que um exame da dengue dá negativo, o laboratório testa para Febre do Oropouche.


 

Fonte: NSC-TV

Getsites