Em carta entregue a advogada, Rozalba Grime revela pensamentos suicida

08/06/21 às 17h17
Atualizado em 08/06/21 às 19h04

Foto: Bruna dos Anjos


Diretamente do Presídio de Florianópolis onde encontrasse detida, Rozalba Grime, a assassina confessa de Flávia Godinho Mafra escreveu uma carta com pensamentos suícida e entregou para a advogada de defesa Bruna dos Anjos.

 

As palavras escritas por Rozalba, divulgadas em uma rede social da advogada, contém o agradecimento pelo tratamento que vem recebendo na instalação e revela pensamentos perturbadores, em relação a tirar a própria vida.

Na carta entregue durante uma visita da advogada nesta terça-feira, 08 de junho, Rozalba também pede ajuda médica e orientação de profissionais.

 

Eu, Rozalba M. Grime presa no Presídio de Florianópolis, quero agradecer os agentes que tem me tratado bem, porque não era assim em outros presídios, mas também quero dizer que minha mente se encontra muito pertubada, tenho tido pensamentos suicida, quero falar sobre o que estou sentindo, parece que vou surtar, preciso de atendimento médico, que me oriente e me ajude por favor, eu sei que me odeio, mas eu tenho me apegado muito a Deus, ele irá me salvar ou me levar. Ajude-me.

Ass: Rozalba M. Grime | 08/06/2021 | Para advogada - Bruna dos Anjos”

 

 

Fonte: Vipsocial