Nova moda? Pesquisa revela que mulheres tem fetiche por homens usando calcinha

21/11/23 às 21h21
Atualizado em 11/07/24 às 00h15
Visualizações: 405

Imagem ilustrativa

Uma pesquisa conduzida pela plataforma de conteúdo adulto Sexlog destacou que 30% das mulheres usuárias do site sentem atração por homens que usam calcinhas. A enquete, que contou com a participação de perfis femininos da plataforma, revelou que 15% das mulheres praticam regularmente sexo com homens vestindo lingerie feminina.

O estudo mostra que, além das 30% que têm o desejo de manter relações com homens usando lingeries femininas, 1% já tentou a experiência e não gostou, enquanto 55% das participantes nunca consideraram a ideia ou não têm interesse no fetiche. Entre os homens, 17% relataram ter experimentado e aprovado o uso de lingerie feminina durante o sexo. Outros 10% expressaram vontade de experimentar, mas ainda não tiveram a chance, e a maioria, 71%, nunca tentou nem tem interesse na prática.

Jhony*, um homem de 64 anos, relatou sua experiência positiva com o uso de calcinhas, que começou aos 18 anos e continuou ao longo de seu casamento de 36 anos. Após ficar viúvo, ele se casou novamente e sua nova esposa também compartilha da mesma predileção. Fernando*, aos 56 anos, também descobriu o prazer de usar lingerie feminina e recebeu apoio de sua parceira, que se diz atraída pelo visual.

Do lado feminino, Sheila*, uma mulher de 49 anos, compartilhou sua experiência inicialmente hesitante, mas que se tornou agradável após uma conversa aberta com seu ex-marido. Ela não está sozinha em sua descoberta; Alice*, de 35 anos, considera a visão de seu marido de calcinha excitante e um ponto de virada na relação.

A pesquisa também investigou as preferências específicas de lingerie, com a maioria descartando a ideia de calcinhas bege. Samira* tem predileção por peças com rendas e detalhes, enquanto Alice* favorece cores intensas como preto e vermelho, que considera mais provocantes. Os participantes masculinos também levaram em consideração fatores além da estética, como conforto e material.

Fonte: Metrópoles

Getsites