Operação policial descobre “disk droga” em Tijucas

14/04/24 às 15h15
Atualizado em 17/05/24 às 02h59
Visualizações: 371

Foto: Divulgação/PM

Uma operação policial em Tijucas, resultou na prisão de dois homens envolvidos em um esquema de tráfico de drogas e associação para o tráfico, após uma série de denúncias sobre um serviço de entrega de entorpecentes conhecido como “disk droga”. A ação aconteceu após a polícia receber informações de que as entregas eram realizadas na esquina da Rua Emília Ramos com a Rua Luiz Feller, no bairro Joaia.

Equipes da Polícia Militar iniciaram o monitoramento do local e flagraram um dos suspeitos, saindo de uma residência e entregando algo que aparentava ser droga a um comprador. Quando tentaram realizar a abordagem, ambos os indivíduos fugiram em direções opostas, mas a polícia conseguiu capturar o suspeito após uma perseguição que terminou em uma área de mata atrás da casa. Durante a abordagem, o suspeito resistiu fisicamente, agredindo os policiais com socos e chutes, o que levou ao uso da força para contê-lo.

Na residência, os policiais abordaram outro homem que estava consumindo maconha. A busca no local revelou a presença de 1.031 gramas de maconha distribuídos entre a pia da cozinha e a geladeira, 12 comprimidos de ecstasy e uma balança de precisão em uma gaveta, além de um caderno de anotações relacionadas ao tráfico e R$ 6.231 em dinheiro. O suspeito confessou não realizar o tráfico diretamente daquela residência, mas admitiu guardar as drogas em troca de pagamento.

As investigações levaram a polícia a outro endereço, uma kitnet na Rua Geraldo Rebelo, que era usada pelo grupo como um depósito para as drogas. No local, foram encontrados 835 comprimidos de ecstasy, 40 gramas de cocaína, 24 gramas de anfetaminas (MD), mais uma balança de precisão e outro caderno com anotações do tráfico.

Os detidos foram informados de seus direitos constitucionais e encaminhados ao Instituto Geral de Perícias (IGP), e posteriormente à Delegacia de Polícia Civil de Itapema, onde foram oficialmente presos por tráfico de drogas, associação para o tráfico e resistência.

Fonte: Visor Notícias

Getsites